Educadores conhecem o carisma Murialdino

Todos os meses os educadores e demais colaboradores do Monteiro Lobato participam de um dia de formação. A capacitação que geralmente ocorre no final de cada mês aborda temas pertinentes ao trabalho de educador social, pedagogia, assistência social, espiritualidade, carisma, temas que estão sendo discutidos no momento, como por exemplo, diversidade, cidadania e gênero, além de serem tratados temas que são demandados pelo trabalho do dia a dia com as crianças e adolescentes. 

O mês de Outubro foi a vez de conhecer as raízes do carisma Murialdino no Brasil. Numa viagem à Caxias do Sul puderam visitar instituições Murialdinas com trabalho diferente do CIJ Monteiro Lobato, porém com o mesmo ideal. 

O primeiro a ser visitado foi o Centro Profissional para a Cidadania que tem como diretora a Irmã Maristela Galiotto e atende  durante o dia,  jovens no curso de aprendizagem (jovem aprendiz-costureiro industrial) e à noite oferece Curso de Qualificação para Mulheres (costura e modelagem).

Logo após,  o grupo foi recebido na Escola de Ensino Fundamental Santa Maria Goretti pelas Irmãs Noemi Lazzari e Anagilda Zanella, Diretora e Pedagoga respectivamente. Elas compartilharam a experiência que a Escola tem vivenciado após adotar o Programa

Monteiro Lobato

Escola da Inteligência de Augusto Cury, que tem como premissa: "educar o coração é educar a emoção". 

O passeio formativo terminou com a visita ao Centro Social Padre João Schiavo em Fazenda Souza,  onde iniciou a Congregação das Irmãs Murialdinas no Brasil e hoje abriga o Túmulo e Memorial do Venerável Pe. João Schiavo, que está em processo de beatificação. Nesta comunidade  coordenada pela Irmã Enedina Smiderle vivem as primeiras irmãs da Congregação, agora idosas. Junto tem também, uma Escola Municipal que leva o nome do padre.

Para Irmã Ana Simoni Deon, Assistente Social no Monteiro Lobato, atividades como esta são imprescindíveis para auxiliar o constante desenvolvimento dos educadores e colabores e capacitá-los para enfrentarem os desafios diários do trabalho educativo. "É um momento de revitalizar as forças, compartilhar as esperanças com os colegas, retomar ideias e adquirir conhecimento", encerra Ana. 

Monteiro Lobato